Segunda-feira, 23 de Julho de 2007
Sozinha .

" Eles eram felizes. Eles eram como um só. Faziam parte um do outro. Quem os via, dizia que ali existia o amor eterno. Eles eram tão felizes. Ninguém acreditava que aquele amor iria acabar um dia. Passeavam nas ruas de mão dada, trocavam sorrisos e olhares cúmplices, entendiam-se telepaticamente. Eles tinham o seu próprio lugar, 'a árvore'. Aquela grande árvore da vila, onde eles tanto namoravam e tanto se amavam. Mesmo quando chovia, lá estavam eles a beijar-se apaixonadamente, como nos filmes de romance.
E ela, ela amava-o tanto que seria capaz de qualquer coisa por ele. Sabia que ele a amava.

- Eu amo-te. - sussurrava-lhe ao ouvido.

- Eu também. - dizia ela abraçando-o com todas as forças.

Quando não estavam juntos, o medo dela era perdê-lo. Perdê-lo para sempre. Imaginava-se sem ele. E, para ela, sem ele o mundo perderia a cor. Os pássaros deixariam de cantar e as borboletas de esvoaçar em redor da 'árvore'.

Mas, certo dia, ele magoou-a. E ela sofreu. E sofreu. Jurou que um pedaço dela tinha morrido naquele instante.

- Tu disseste que sempre irias ser... - disse-lhe ela entre soluços de choro por telefone.

Ele respondeu com silêncio. Durante uns tempos estiveram assim. Calados. Só se ouviam os soluços de choro da pobre rapariga.

- Como consegues? Como pudeste? Juraste que vinhas mal pudesses, juraste que me vinhas buscar nem que tívessemos de morar na 'árvore'. Juraste que vinhas. Porquê? Porquê que me fazes isto?

Ela sabia. Sabia que o motivo não eram só os km de separação pelo qual ele estava a terminar com ela. Ela sabia que havia outro motivo.

- Eu sei que passamos momentos maravilhosos que eu não irei esquecer. Mas para eu puder voltar seriam precisos mais 3 anos. Compreende. Eu numa noite qualquer, bêbado iria te magoar ainda mais. Iria te trair. E eu não quero isso.

Ela desligou. Doía ouvir ele dizer que não iria aguentar esperar 3 anos para voltar a tê-la nos braços. Doía ouvi-lo dizer que poderia traí-la. Mas, de certo modo, ele tinha razão. "

Este texto e' para aquelas pessoas que estao separadas por km mas ainda acreditam no amor. E' tudo mto bonito, mas mesmo existindo o amor, e' complicado. Eu pelo menos não gostava de namorar assim, o mais correcto seria fazer o que ele fez. Apesar de causar muito sofrimento, não só a uma pessoa mais sim aos dois, dói no momento. Mas, se soubessemos de uma possível traição que pode ocorrer mesmo as duas pessoas amando-se muito, iria magoar muito mais. Eu não tenho nada contra esses namoros ( muitas das vezes via msn ), mas acho q as vezes e' um pouco a ilusão ou a falta de carinho no nosso dia-a-dia com o sexo oposto. AH , e este texto tem outra intenção moral. E' q as vezes pensamos q as pessoas fazem certas e determinadas coisas para nos magoar, mas n. Elas apenas o fazem para evitar um mal maior.

Agora quero ler as vossas opiniões.

Beijinhos x') *


sinto-me: Normal .
música: DHT feat. Edmee - Listen to your heart

publicado por Sara Mendes às 15:03
link do post | Opinar :'D | favorito

8 comentários:
De Bee a 23 de Julho de 2007 às 15:40
Gostei do texto e por acaso concordo absolutamente com que comentaste depois. Numa relação á distância, falta sempre qualquer coisa, não é uma relação completa.
E por vezes quando uma da spartes decide terminar, não é por já não amar. É porque simplesmente ama tanto a outra pessoa que não quer magoa-la ainda mais depois, com, por exemplo, uma traição.
Gostei do teu ponto de vista, porque é também o meu.
Beijinhos


De Bunekinha a 23 de Julho de 2007 às 17:54
Olaa'..

bgd pelo comentário.. vamos tentar ficar juntos ^^

Adorei o texto mmuh.. mas concordo e não concordo.. pq acho qe se uma pessoa amar de verdade não consegue trair.. pelo menos este é o meu ponto de vista..

Beijo


De Daniela a 23 de Julho de 2007 às 18:06
ola'

concordo ctg... a' distancia n da'....o amor e' d'mais p ser vivido via msn e tlm, aconteceria smp uma traição, eu axo qe e' impossivel 'quase'...

bjo*
obrigada pela colaboração...


De burbuletizis a 24 de Julho de 2007 às 11:50
Onh, a minha "amiga" (se assim te posso chamar :b) do outro blog x).. é mais facil para mim comentar neste poqe o outro é mais complicado e dá sempre erro, qando te comento --'
qanto ao post :') AMEI.. tá muito coiso :b e acho q é isso q nos faz gostar :D
tbm adoro escrever e ler algo bem escrito.. *
mas sobre o q escreves-te é realmente uma coisa q se passa muito hoje em dia :x acho q pelo menos cada pessoa tem um amigo ou amiga q já namorou assim à distância :x por vezes sõ namoros de fachada, mas outras vezes não, é mesmo amor(como no teu texto) não sei.. mas tlvz aqela pessoa de longe seja a perfeita.. e como se amam realmente vêem q a melhor coisa a fazerem é mesmo acabarem..
mas sabes, eu acredito nesse amor, só acho q é preciso mesmo haver muito Amor, com A grande.. muita confiança (o principal numa relação), respeito e ser-se forte, muito forte, para se aguentar loge da pessoa amada :') e a essas pessoas só desejo a maior FORÇA do mundo e q com vontade e amor é tudo possivel :)
ai, desculpa, por me ter esticado no coment x'D
bzinhooo qerida * :)


De Sara Mendes a 24 de Julho de 2007 às 13:16
Claro q me podes tratar assim . :)
Gostei imenso do teu comentario ... e tudo o que dizes e' tao verdade .
Eu tambem desejomta força a essas pessoas , pq e' preciso msm ter uma confiança brutal pa nos deixarmos levar por amor platónico . Porque por vezes nao sabemos o q ocorre do outro lado .

Beijinhos ***


De Ritynhaa a 5 de Agosto de 2007 às 23:09
Gostei do texto...acho-o lindissimo. Tens imenso jeito para escrever...
Concordo e não concordo com o teu ponto de vista. Uma relação á distancia é muito dificil ser uma relação 'normal'...existe sempre as duvidas, os porquês, os 'se' e a esperança de um dia não haver quilometros que os separem. Existem momentos em que se sentem tristes por não ter 'aquela' pessoa ao nosso lado (fisicamente). Todas precisamos de nos sentir apoiadas, amadas e compreendidas, e por vezes não nos contentamos com uma voz do outro lado do telefone. Por outro lado, cada momento juntos é mais intenso, mais inesquecivel, mais marcante...É isto que eu penso. Pode estar errado e acredito que esteja...mas 'Quem ama acredita'
(...não sei se sim, se não.)

Beijinho'
Adicionada aos amigos =)


De Ritynhaa a 5 de Agosto de 2007 às 23:13
Ups =/ acho que não dá para adicionar...

Beijinho'


De O Meu Mundo! a 7 de Agosto de 2007 às 23:12
miuda sabes que esse texto é parecido com a minha história, sabes que tenhu feito de tudo para seguir a minha vida, e agora parexe que finalmente estou a conseguir,,,bgda por tdos os koxelhos =P

aMot MiuDA


Comentar post

.mais sobre mim
.Relógio


.Calendário


.Mensagens :)
.posts recentes

. 100 verdades

. Não é um Adeus, mas um At...

. Madrid <3

. Q grande seca!

. HELLO. :D

. Sem ti

. É amor. É paixão.

. Keep going on :)

. Essências :D <3

. mais unidos ? <3

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Um pouco mais de mim

Nome: Sara
Apelido: Mendes
Idade: 16
Signo: Touro
Cidade: Porto
Passatempo: Ver tv, ler e escrever
Gosta de: MANUEL MARTINS, Harry Potter, Amigos, Escrever, Ler, Namorar, Bloggar :D
Não gosta de: Mentira, inveja, falsidade e de pessoas egocentricas.
Curiosidades: Sou uma pessoa simples :)

Perfil gerado no VICKYS.com.br

.pesquisar
 
.subscrever feeds