Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007
...

O plano e o primeiro passo

- Como, Hermione? Não podes...

- Como não posso, Ginny? A minha vida deu uma volta de 360º... - disse com as lágrimas nos olhos.

- E nós? Os teus amigos? Toda a gente?

- Ginny, compreende...

- O que é que o Malfoy te fez, Hermione?

Hermione contou-lhes o que se passara desde a carta de Lucius Malfoy até a ver Pansy beijar Draco.

- Já pensaste que pode ter sido um mal entendido? Pode ter sido jogo da cobra?

- Não! Não e não... ele mentiu-me e eu não desculpo mentiras! - disse decididamente. - Agora se não se importam vou-me embora... preciso de acabar de ler um livro. - disse e saíu sem olhar para trás.

Quando foi à sala comum, viu Draco no sofá... tinha a certeza de que ele estava à espera dela.

- Hermione... ouve-me! - pediu Draco.

Mas, ela nem sequer lhe ligou e seguiu em frente até ao seu quarto.

Draco continuava no sofá. Sabia que não era boa altura para ir ter com Hermione. Depois, fez-se luz na cabeça de Draco.

- É isso! A Weasley! Ela vai saber como me ajudar... - pensou alto.

Correu até encontrar Ginny e Elke.

- Weasley!

- Que foi? Já não te basta teres feito com que a Hermione queira deixar o mundo da magia?

- O quê?

- Não era o que tu querias, Malfoy? - perguntou Ginny arrogantemente.

- Eu?

- Calma, Ginny... ele deve ter uma boa explicação... - disse Elke.

- Ouçam... eu pensei que o meu pai tinha mandado de Azkaban uma carta à Pansy a dizer que se eu não resolvesse as coisas com ela, pagaria caro! Mas era tudo mentira a Pansy disse-me quando viu que a Hermione estava chateada comigo... e eu não queria beijá-la. Ela beijou-me quando ouviu a voz da Hermione.

- Prova!

- Como?

- A poção da verdade!

- Tu és um génio, Weasley... - disse fascinado Draco.

- Tens a poção contigo?

- Não... - disse voltando a ficar desanimado.

- E se o ajudassemos a arranjar? - perguntou Elke. Ela parecia ter acreditado nele.

- Eram capazes?

Ginny não disse nada durante uns tempos. Mas depois, falou:

- Pela Hermione, claro... Mas olha que ela está com ideias de ir embora ainda esta semana...

- O Snape tem essa poção... mas como é que vamos lá?

Ginny teve uma brilhante ideia e então explicou aos dois.

- Mas, só tenho poções amanhã! - disse Draco.

- Vá lá... entretanto eu e a Elke arranjamos maneira de levar a Pansy até à vossa sala comum.

No dia seguinte de manhã, Hermione nem sequer olhou para Draco. Ele estava em pulgas para por o plano em acção.

Ginny e Elke não contaram nada a Hermione. Na aula de poções Draco estava destraído.

- Mrs. Malfoy, vai continuar destraído? - perguntou Snape.

- E se continuar? - perguntou arrogantemente Draco. Elke sorriu para ele. Foi a primeira vez nessa manhã que Hermione olhou para ele.

- Veja lá como fala, Mrs. Malfoy...

- Ouça... não tou com paciência nenhuma para as suas ameaças!

- Aviso... Mrs. Malfoy, é um aviso!

- Nem ameaças nem avisos... deixe-me em paz! - disse ele.

- Às nove horas no meu gabinete... - disse Snape.

- Ok... ok... - disse Draco.

Quando acabou de jantar, olhava constantemente para o relógio... estava ansioso que chegasse as nove horas.

- Weasley... - disse quando a viu passar com Elke. - Podes-me emprestar a varinha? Preciso dela para procurar a poção... tenho a certeza de que o Snape me vai pedir a minha.

- Tudo bem... Às nove e meia estamos em frente ao gabinete do Snape.

Foi directamente para o gabinete de Snape.

- Entre! Tenho aqui uns documentos para arrumar... quero que os arrume! Sem magia... - disse Snape. - Entretanto, vou sair... Ah... dê-me a sua varinha, Mrs. Malfoy!

- Claro... - disse tirando a varinha do bolso.

Quando Snape fechou a porta, Draco procurou por todo o lado a poção. Quando faltava dez minutos para Ginny e Elke irem ter com ele, Draco encontrou a poção... depois arrumou rapidamente os documentos com um toque da varinha e esperou por Snape.

- Muito bem... parece-me tudo muito bem arrumado. Podes ir... - disse Snape que examinava tim tim por tim tim os documentos...

Saíu do gabinete e avistou logo Ginny e Elke.

- Bem... estou impressionada! - disse Ginny.

- Agora só quero mostrar a Hermione... ela vai saber o quanto a amo!

Elke sorriu... ela adorava ouvir isso! Agora que namorava com Ron... esperava sempre que ele lhe dissesse alguma coisa romântica!

- Nem sei como vos agradecer!

- Tás consciente que essa poção faz-nos confessar as verdades todas?

- Eu não estou a mentir... vocês vão ver... a Pansy vai dizer tudo!

- Quando a levamos até à Hermione? - perguntou Draco com um brilho de ansiedade nos olhos.

- Amanhã!

Foram a conversar e a combinar como iriam convencer Pansy de ir com elas até à sala dos chefes de turma. Até pensaram em levar Dianah porque seria mais fácil de convencer... mas desistiram! Pois, pensavam que Hermione iria pensar que a tinha convencido a mentir.

Draco foi para o seu quarto. Nessa noite não dormiu nada... estava com tal ansiedade que se assemelhava a uma dor de estomago.


música: NeYo - Because of you

publicado por Sara Mendes às 13:18
link do post | Opinar :'D | favorito

7 comentários:
De cázinha :] a 3 de Setembro de 2007 às 14:07
Olá! ´Que texto lindo... adorei. olha, segui o teu conselho e criei mais um blog, com historias do harry potter criadas por mim. Só ainda escrevi uma, mas por favor se poderes visita e comenta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! o novo blog´é http://hermionegranger.blogs.sapo.pt


Visita! Continua a escrever assim tao bem!! Beijos!


De Ritinha! a 3 de Setembro de 2007 às 15:44
so para saberes, a poçao que diz a verdade chama-se Vitaserum...

bjs


De Daniela a 3 de Setembro de 2007 às 16:56
até qe gzt bastante dessa historia

beijinhos***


De blueberry a 3 de Setembro de 2007 às 17:48
oii o texto tá muito bom como de costume.
Tou ansiosa pla proxima parte!!
Olha, posso ou não por-te na minha lista de links?
bjuh**


De Daniela a 3 de Setembro de 2007 às 18:25
olá, tnhu um miminho p ti no meu blog, beijinhos***


De cázinha :] a 4 de Setembro de 2007 às 13:11
Olá! cá estou eu outra vez, nao é? Sou uma xata, nao sou??? LOL Olha, criei um blog com textos do harry potter! so ainda escrevi 2. Nao tao lá grand coisa, mas pronto foi o k saíu. è a vida, nunca vo ter tanta imaginaçao como tu.... :)
adoro os teus textos.... óh, meu deus já disse isto tantas vezes! deves tar farta de mim ;) nao interessa, mas por favor visita o meu novo blog : http://hermionegranger.blogs.sapo.pt e comenta...por favor! beijos e continua com os teus textos fantasticos!


De menina sonhadora a 4 de Setembro de 2007 às 14:52
Gostei mt do q li... bjs


Comentar post

.mais sobre mim
.posts recentes

. 100 verdades

. Não é um Adeus, mas um At...

. Madrid <3

. Q grande seca!

. HELLO. :D

. Sem ti

. É amor. É paixão.

. Keep going on :)

. Essências :D <3

. mais unidos ? <3

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.pesquisar
 
.subscrever feeds