Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007
Draco/Hermione : No comboio .

No comboio

Deitaram-se já tarde. E claro que na manhã seguinte tiveram de ouvir Mrs Weasley, principalmente os rapazes.

Hermione e Ginny acordaram cedo com um berro da Mrs Weasley, levantaram-se rápidamente e vestiram-se... enquanto os rapazes, mesmo com o berro de Mrs Weasley, eles continuavam na cama a tentar dormir com a almofada em cima da cabeça.

Hermione apressou-se a ir ao quarto deles.

- Harry, acorda - disse ela abanando o ombro do rapaz. - Ron, acorda - fez o mesmo com Ron e saíu confiante que eles se iam levantar.

Harry pegou nos óculos que estavam ao seu lado e foi-se levantando, enquanto Ron dormia.

Não demorou muito até Hermione voltar lá para acordar, desta vez só Ron.

- Ronald!

- O que foi? - disse ele com ar aborrecido e ensonado.

- É para acordar... a tua mãe já fez o pequeno-almoço - disse ela irritada. - Despacha-te, Ron!

- Ok...ok, já vou. - disse o ruivo levantando-se.

Hermione desceu juntamente com Harry. Passado um tempo, Ron foi ter com eles à cozinha.

- Estava a ver que não vinhas, Ron - disse a irmã.

- Cala-te!

- Deixa lá, Ginny... ele continua a dormir. - disse Harry ironicamente.

Depois de tomarem o pequeno almoço foram embora para a estação de King's Cross. Harry ia à frente com Hermione e Ginny mais atrás com Ron.

- Nem imaginas o quanto feliz eu estou, Harry - disse ela brincando com as mãos com um ar infantil.

- Pois não... E já sabes quem é o outro ou a outra chefe de turma?

- Não... 'tou curiosa - disse ela dando um ar pensativo.

Despediram-se dos Weasley e foram para dentro do comboio. Procuraram um lugar livre mas, foi em vão. Tiveram de ficar num que já estava uma rapariga.

- Podemos? - perguntou Hermione.

- Claro... - respondeu a rapariga que se afastou para junto da janela para que se sentassem todos.

A rapariga tinha o cabelo liso e castanho, o seu tom de pele era moreno. Era magra e alta. Era uma rapariga muito bonita.

- Eu sou a Hermione. - apresentou-se. - Este é o meu amigo...

- Harry Potter - disse ela.

- Exacto. - Harry sorriu.

- Eu sou o Ron. - disse ele olhando a beleza da rapariga.

- Ginny Weasley. - disse Ginny sorrindo. - E tu quem és?

- Eu sou nova aqui... vim duma escola dos Estados Unidos. Sou a Elke. Na verdade, sou de nacionalidade belga, mas vivi na América durante muito tempo.

- Mas estás com a capa dos Gryffindor... - afirmou Ron confuso.

- Sim - disse Elke. - Eu tive de vir aqui fazer a inscrição. E então o professor Dumbledore teve de me pôr o chapéu mágico e calhei nos Gryffindor. Vocês também são, não é verdade? - perguntou ela olhando para as fardas.

- Exacto - disse Hermione. - Foi um prazer conhecer-te, Elke. Mas, agora vou ter de ir...

Hermione acenou e saíu em direcção à sala dos chefes de turma que ainda era distante. Acelarou o passo e quando lá chegou, bateu à porta.

- Posso? - perguntou ela entrando.

Não viu ninguém... supôs que só estivesse ela. E quando já tinha entrado ouviu uma voz.

- Que absurdo!

Não demorou muito para ela reconhecer a voz. E, logo de seguida Draco veio em direcção a ela.

- Tu? - perguntou ela admirada.

- Eu...? Sou chefe de turma, e agora? Tu também és, já reparei... tinhas de ser escolhida, a sabe-tudo, ou melhor, a sangue de lama... Bah! - reclamou ele.

- Como te atreves a insultar-me? Eu fiz tudo para merecer este lugar... agora tu... - disse ela lançando-lhe um olhar de reduz-te à tua insignificância.

Draco apontou a varinha para Hermione e fê-la encostar à parede.

Hermione não sabia se haveria de sentir medo. Draco passava a dar um ar mais ameaçador... a respiração dela estava ofegante. Ele não lhe tirava os olhos dos olhos dela. E a varinha continuava apontada para Hermione. Foi então que ela ganhou coragem e perguntou:

- O que estás a fazer, Malfoy?

- Nunca mais me substimes! - disse ele muito próximo dela.

Estavam cada vez mais próximos e olhar de Draco não era mais ameaçador... Parecia um olhar sincero e humilde. Mas essas duas palavras não encaixavam em Draco. Draco deu consigo a olhar para os lábios de Hermione e depois de ela dizer um "ahn..." é que ele se afastou, virou as costas, passou a mão nos cabelos loiros e disse:

- Vamos ter que conviver muito mais...

- Pelos vistos! - disse ela suspirando ou de alívio por ele ter estado tão perto dela, o que a assustava ou por ter de estar com ele tanto tempo nesse ano.

___________________________________________________________

Hoje faço um ano de namoro . : D

AMO'O CADA VEZ MAIS I MAIS @ <3

A musica qe indico em baixo e uma musica do Evan qe pertencia a banda da Avril Lavigne , ele dedicou-lhe essa musica , e tao linda . Se alguem quiser e' so dizer qe eu deixo o meu msn pra enviar . AVISO QE E LINDA : D


sinto-me: Nem sei .
música: Evan Taubenfeld - The Best Years of our Lifes
tags: , ,

publicado por Sara Mendes às 21:31
link do post | favorito

De burbuletizis a 5 de Agosto de 2007 às 22:57
adoro a tua versão do harry potter :b *
tou a adorar :D eheh..
qero ver mais episodios :D
PARABÉNS qerida :D * felicidades e o resto, q é tipico de se desejar x) .. mas tbm desejo q o amor predure e q a confiança q tem um no outro nunca mais acabe :D pois o amor e a confiança são fundamentais :')
bzinho*


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim
.posts recentes

. 100 verdades

. Não é um Adeus, mas um At...

. Madrid <3

. Q grande seca!

. HELLO. :D

. Sem ti

. É amor. É paixão.

. Keep going on :)

. Essências :D <3

. mais unidos ? <3

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.pesquisar
 
.subscrever feeds